sábado, 31 de maio de 2008

Itália supera Bélgica e mostra força para disputa da Eurocopa de 2008.


A Itália bateu a Bélgica por 3 a 1 nesta sexta-feira, em amistoso disputado na cidade de Florença, e mostrou que é uma das favoritas ao título da Eurocopa de 2008.

O primeiro gol dos italianos saiu aos nove minutos. Pirlo cruzou e Di Natale, testado pelo técnico Roberto Donadoni, completou para o fundo das redes.

O atacante, que defende a Udinese, fez o segundo aos 41, aproveitando bola roubada por Aquilani em erro da defesa belga. O meia Camoranesi, outro em fase de testes entre os titulares, fez o terceiro da Itália ao concluir chute cruzado aos quatro.

Sonck, no minuto final, acertou cabeçada e descontou para os belgas - que estarão no grupo do Brasil nos Jogos Olímpicos de Pequim.

A Itália terá vida difícil na primeira fase da Eurocopa: está no grupo C, considerado o mais difícil, ao lado de Holanda, França e Romênia.

Os italianos encaram os holandeses na estréia, dia 9, no Stade de Suisse de Berna. O próximo jogo é diante da Romênia, no Letizigrund de Zurique, em 13 de junho.

Os atuais campeões da Copa do Mundo encaram ainda a França, na reedição da final da competição, em 17 de junho, também no estádio Letizigrund de Zurique.

(EFE)

quinta-feira, 29 de maio de 2008

TORRE DE PISA PAROU DE SE INCLINAR, AFIRMAM ENGENHEIROS ITALIANOS.


Arquivo Virtual 29/05/2008

Pela primeira vez em 800 anos, a torre de Pisa, na Itália, conhecida em todo o mundo por ser inclinada, não registra mais o constante movimento para o lado que chegou a colocar em risco o monumento, fechado ao público durante 11 anos. "Desde que acabaram as obras [de restauração e reforço da torre, em 2001], não houve retomada do aumento da inclinação, como acontecia antes", disse à BBC Brasil o engenheiro Giuseppe Bentivoglio, diretor-técnico da catedral de Pisa, estrutura da qual a torre faz parte. "Há boas possibilidades de que esse resultado seja definitivo", acrescentou.Outro engenheiro, Michele Jamiolkowski, responsável por obras na estrutura, reforçou o otimismo em uma entrevista ao jornal "Corriere della Sera". "Todas as melhores previsões foram confirmadas. A torre pode estar tranqüila ao menos por mais 300 anos", disse.



Estabilização

Segundo Bentivoglio, o monumento ainda está no processo de acomodação em uma posição firme. "Registra-se um movimento muito leve, quase imperceptível, mas em fase de estabilização, não de aumento da inclinação. Antes havia um aumento constante", explicou. As obras na torre, que é uma das mais famosas do mundo, duraram de 1990 até 2001 e foram supervisionadas pelo Comitê Internacional para a Proteção da Torre de Pisa, composto por especialistas italianos e estrangeiros. Desde o início das obras, o monumento tem sido constantemente monitorado. Em maio de 1993, os técnicos registraram a máxima inclinação da estrutura. Para reverter isso, foram colocados um total de 599 toneladas de contrapesos no lado oposto. A torre registrou um leve movimento para o outro lado, "endireitando" a inclinação em cerca dois centímetros. Na segunda fase das obras, em 1999, foram realizadas escavações controladas, com o objetivo de diminuir ainda mais a inclinação e evitar movimentos. "Foi retirada terra debaixo dos alicerces para ganhar espaço do lado oposto à parte inclinada. O problema era reduzir a inclinação e o estado de tensão do terreno. As partes que estavam fora da terra tinham chegado próximo ao rompimento", explicou Bentivoglio.

Causas da inclinação

Construída entre os séculos 12 e 13, a torre pesa 14,5 mil toneladas, é revestida de mármore branco e tem 60 metros de altura. Ela já "nasceu" inclinada, e sua construção chegou a ser interrompida diversas vezes na tentativa de resolver o problema. Sempre houve grandes debates a respeito das possíveis causas da inclinação da torre de Pisa. Muitos apontam como motivo principal problemas do terreno onde ela foi construída.

Fonte: BBC Brasil

terça-feira, 27 de maio de 2008

União Européia anuncia mudanças em ajuda a países pobres.


Da Efe, em Bruxelas

Os ministros de Desenvolvimento dos países da UE (União Européia) afirmaram nesta terça-feira que promoverão "reformas radicais" na ajuda que o bloco concede às nações menos desenvolvidas.

Além de aumentar o valor total da cooperação, os Estados-membros da UE vão intensificar a colaboração com todos os atores envolvidos no processo, para garantir transparência e melhorar a efetividade da ajuda distribuída.

Em uma reunião em Bruxelas, o bloco renovou o compromisso de ampliar o auxílio aos países pobres para 0,56% do seu PIB (Produto Interno Bruto) até 2010 --quando o valor chegará a 66 bilhões de euros-- e para 0,7% de suas riquezas até 2015, depois que, no ano passado, reduziu-a pela primeira vez, de 47,676 bilhões para 46,087 bilhões de euros.

"A UE continua mantendo suas metas e quer continuar sendo líder mundial em termos de quantidade e qualidade de ajuda ao desenvolvimento", disse, em entrevista coletiva, o secretário de Assuntos Exteriores da Eslovênia, Andrej Ster.

Já no almoço de trabalho, no qual estiveram presentes o diretor-geral das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), Jacques Diouf, e o diretor-executivo do Programa Mundial de Alimentos (PMA), John Powell, os ministros de Desenvolvimento falaram da atual crise dos alimentos.

Fontes da UE disseram que foi constatada a importância de "um compromisso imediato a curto prazo" para minimizar o impacto da alta dos preços dos alimentos básicos.Especificamente, os países do bloco identificaram a necessidade de a ajuda emergencial aos mais prejudicados pela crise ser ampliada e de medidas estruturais serem tomadas.

Agricultura

As conclusões aprovadas indicam que, a médio prazo, a UE apoiará os investimentos em agricultura, infra-estrutura rural, pesquisas agrícolas e geração e distribuição de energia.
O bloco recorrerá ainda ao diálogo político com outros países para desestimular as restrições e proibições impostas à exportação de alimentos. Os participantes do encontro também passaram em revista a negociação dos Acordos de Associação Econômica (Epas, na sigla em inglês), que buscam promover a integração gradual dos países de África, Caribe e Pacífico na economia mundial.

Depois dos debates, os ministros reconheceram "as preocupações de alguns dos parceiros da África, Caribe e Pacífico e a existência, em alguns casos, de assuntos problemáticos a serem resolvidos", razão pela qual foi requisitado um enfoque "flexível" que, ao mesmo tempo, permita avanços nas negociações.

Mulher

Sobre os progressos relativos aos Objetivos do Milênio, dentre estes a redução à metade da pobreza e da fome até 2015, a melhoria da situação da mulher e a promoção da educação universal receberam apoio a proposta para a criação de uma agenda específica.Segundo informações, os Estados-membros da UE foram incentivados a "estabelecer o mais rápido possível (...) calendários indicativos plurianuais que indiquem a maneira como os países pretendem alcançar suas respectivas metas".

Um grupo de países tentou fazer com que o texto final do encontro obrigasse os Estados-membros a criar esses calendários, para garantir o cumprimento das metas.No entanto, Itália, França e outras nações são contra essa obrigatoriedade, e argumentam que, embora queiram honrar seus compromissos, enfrentam as dificuldades decorrentes da crise atual.

domingo, 25 de maio de 2008

Chefe de clã da 'ndrangheta' é preso na Itália.

SAN LUCA (ITÁLIA), 23 MAIO

A polícia italiana prendeu em San Luca, sudeste da Itália, Giuseppe Nirta, de 68 anos, chefe do clã homônimo pertencente à 'Ndrangheta', a poderosa máfia calabresa, acusado de envolvimento na sangrenta disputa com o clã Pelle-Vottari, que já dura uma década. Nirta, acusado de formação de quadrilha e homicídio, presente na lista dos 100 procurados mais perigosos elaborada pelo Ministério do Interior, foi preso enquanto estava na casa de um parente no centro de San Luca.

Fonte: ANSA

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Governo do Amazonas decreta três dias de luto pela morte de Jefferson Péres.


Liliane Maia

O governo do Estado do Amazonas declarou luto oficial por três dias em reconhecimento aos serviços prestados pelo senador amazonense Jefferson Péres (PDT/AM), de 76 anos, que faleceu nesta sexta-feira (23) em Manaus às 6h10, vítima de um infarto agudo do miocárdio. A família aceitou a oferta do governo do Estado, e o velório do senador acontece no Centro Cultural Palácio Rio Negro, antiga sede do governo do Estado, nesta tarde. O enterro foi marcado para as 16h de sábado (24) no cemitério São João Batista.

Amazonense Jefferson Péres erao líder do PDT no Senado Federal

'Brasil perde referência ética'

O vice-presidente da República, José Alencar, deveria chegar à cidade às 22h desta sexta para o velório. Segundo o vice-governador, Omar Aziz, o senador teria acordado, escovado os dentes e reclamado de uma forte dor no peito, mas não resistiu e faleceu em sua casa, no bairro Adrianópolis, antes mesmo de o médico chegar. A informação foi passada para o vice-governador pela esposa do senador Jefferson Péres, Marlídice de Souza Carpinteiro Péres, em ligação para a família para confirmar a notícia.

video


Surpresa e lamento

O senador Artur Virgílio Neto (PSDB/AM) foi um dos últimos políticos a conversar com o senador Jefferson Péres. Eles viajaram juntos de Brasília para Manaus nesta quinta-feira (22), feriado de Corpus Christi, e conversaram por cerca de 40 minutos. Segundo o colega, Péres demonstrava tranqüilidade e em nenhum momento teria reclamado ou feito referência à problemas de saúde. "Ele parecia e estava absolutamente bem", disse Artur Virgílio à imprensa, ao comentar em Manaus a morte do senador. Para ele, Jefferson Péres foi "um dos melhores senadores que o Amazonas deu ao Brasil, com um senso de justiça extraordinário, um homem com profundo conhecimento da política". "Perdemos todos. O Amazonas e o Brasil", completou.Já o governador do Amazonas, Eduardo Braga (PMDB), disse que ele e sua família estão muito abalados com a morte do senador. Para Braga, Péres foi um marco na ética da política nacional e citou o momento em que ele se elegeu pela primeira vez senador, em 1995. "Naquele momento já testemunhávamos o destaque que Péres teria na política nacional", ressaltou.

PRESIDENTE DO SENADO LAMENTA PERDA

O presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), lamentou a morte do senador Jefferson Péres (PDT-AM) ao lembrar que nenhum representante do Poder Legislativo lutou tanto pela democracia do país quanto Péres. Visivelmente abalado, Garibaldi abriu a sessão plenária do Senado de hoje para comunicar os senadores da morte de Péres

Leia mais

Lula emite nota oficial

Comente a morte do senador

Ele lembrou ainda o apoio que sempre recebeu do senador. "Em 2000 fui candidato à Prefeitura, apesar de o partido do senador Jefferson Péres apoiar outro candidato, ele não escondeu seu apoio a minha candidatura. E essa proximidade continuou em 2002, onde disputamos juntos, na mesma chapa. Eu para o governo do Estado e ele a reeleição para o Senado", citou o governador.

Histórico familiar

Não é a primeira vez que a família Carpinteiro Péres sofre com a perda súbita de entes queridos.

Na década de 40, o então deputado federal Leopoldo Carpinteiro Péres, tio do senador Jefferson Péres, morreu de um ataque cardíaco fulminante, na tribuna da Câmara dos Deputados, no Rio de Janeiro, no momento em que proferia discurso em defesa da Amazônia. Em 1962, o pai do senador, o desembargador Arnoldo Carpinteiro Péres, também foi vítima de problemas cardíacos. Ele morreu de um infarto na porta do Tribunal de Justiça do Amazonas. No entanto, o senador Jefferson Peres, que sempre levou uma vida muito regrada - não bebia, não fumava e tinha alimentações e hábitos de vida saudáveis, segundo amigos e familiares - nunca teve problemas cardíacos. Tinha médicos em Brasília e em Manaus, onde se consultava regularmente sem apresentar nenhuma alteração.

"Nos últimos meses ele apresentou um leve quadro de hipertensão, mas nada que chegasse a preocupar os médicos nem ele mesmo", informou a assessoria do senador, em Manaus, lembrando que apesar dos 76 anos, Jefferson Peres nunca precisou se submeter a nenhum tipo de cirurgia. O senador deixa a mulher, Marlídice de Souza Carpinteiro Peres, com quem estava casado há 40 anos; os filhos Ronald, de 39 anos, advogado; Roger, de 34 anos, administrador de empresas; e Rômulo, de 32 anos, também advogado, o único casado. Ele não deixa netos.

Fonte: Uol

quinta-feira, 22 de maio de 2008

UE aprova regras comuns para a expulsão de imigrantes clandestinos.

BRUXELAS, 22 Maio

Os países europeus aprovaram nesta quinta-feira um projeto de lei que estabelece regras comuns para a expulsão de imigrantes ilegais de seus territórios, anunciaram fontes diplomáticas.O texto é fruto de um compromisso entre os Estados membros da União Européia e os deputados do Parlamento europeu.


A proposta, que deverá ser validada pelos ministros do Interior dos 27 países e votado em junho no Parlamento europeu, obriga as autoridades nacionais a escolher entre legalizar ou expulsar pessoas que entrarem no país de forma clandestina.Segundo o texto, a deportação de pessoas sem documentos (chamada eufemisticamente no texto de "distanciamento") deverá ser feita de maneira voluntária. Entretanto, se o indivíduo resistir, poderá ser obrigado a sair e automaticamente ficará proibido de entrar no território da União Européia por cinco anos.

A medida vale tanto para adultos quanto para menores de idade.Em caso de expulsão forçada, as autoridades poderão manter os imigrantes clandestinos detidos por um período máximo de seis meses, podendo extender esse prazo para até 18 meses em caso de risco de fuga ou por motivo de atraso na obtenção da documentação necessária de seus respectivos países.

Fonte: Afp

terça-feira, 20 de maio de 2008

Consulado Italiano de SP abre vagas.

Consolato Generale d’Italia
SAN PAOLO


AVVISO DI ASSUNZIONE DI IMPIEGATI A CONTRATTO


Il Console Generale in San Paolo

VISTO il D.P.R. 5.1.1967, n. 18, concernente l’Ordinamento dell’Amministrazione degli Affari Esteri, e successive modificazioni e integrazioni, con particolare riferimento al D.Lgs. 7 aprile 2000, n. 103, che ha sostituito il titolo VI del D.P.R. n. 18/67 relativo agli impiegati a contratto presso gli Uffici all’estero;
VISTO il D.M. 16.3.2001, n. 032/655, registrato dalla Corte dei Conti il 27.4.2001 (Reg. 4; Fg. 296), recante “requisiti e modalità di assunzione degli impiegati a contratto presso le Rappresentanze diplomatiche, gli Uffici consolari all’estero e gli Istituti Italiani di Cultura”;
VISTA l’autorizzazione ministeriale di cui al messaggio n. Mae-Sede-DGRO-32- P-0164045 del 09 maggio 2008;
ATTESA l’opportunità, in relazione alle esigenze di servizio, di ridurre a 15 gg. il termine per la presentazione delle domande di partecipazione, ai sensi dell’art. 5 del citato D.M. n. 655/2001;

RENDE NOTO

È indetta una procedura di selezione per l’assunzione di 9 impiegati a contratto da adibire ai servizi di assistente amministrativo nel settore consolare.

1. REQUISITI GENERALI PER L’AMMISSIONE

Possono partecipare alle prove i candidati in possesso dei seguenti requisiti:
1) abbiano, alla data del presente avviso, compiuto il 18° anno di età;
2) siano di sana costituzione;
3) siano in possesso del seguente titolo di studio: diploma di istruzione secondaria di 1º grado o equivalente;
4) abbiano la residenza in Brasile da almeno due anni;

I requisiti prescritti, ad eccezione del diciottesimo anno di età, devono essere posseduti alla data di scadenza del termine stabilito dal successivo punto 2 per la presentazione delle domande di partecipazione.


2. PRESENTAZIONE DELLE DOMANDE DI AMMISSIONE

Le domande di ammissione alle prove per l’assunzione, da redigersi secondo il modello disponibile presso il Consolato Generale o scaricabile dal sito web www.conssanpaolo.esteri.it, dovranno pervenire a questo Ufficio entro e non oltre le ore 24:00 del giorno 02 giugno 2008, su carta libera, indirizzate a:
Consolato Generale d’Italia
Segreteria del Personale
Avenida Paulista 1963
01311-300 São Paulo –SP

Nella domanda i candidati dovranno dichiarare sotto la propria responsabilità:
a) cognome, nome, data e luogo di nascita, recapito al quale devono essere indirizzate le eventuali comunicazioni;
b) la cittadinanza o le cittadinanze di cui sono in possesso;
c) da quanto tempo risiedono in Brasile;
d) le eventuali condanne penali comprese quelle inflitte all’estero nonché i provvedimenti penali pendenti a loro carico in Italia e all’estero;
e) la loro posizione nei riguardi degli obblighi militari (per gli italiani soggetti agli obblighi di leva);
f) il titolo o i titoli di studio posseduti, allegando idonea certificazione anche in copia;
g) le precedenti esperienze lavorative con mansioni equivalenti o, nel caso di impiegati in servizio, immediatamente inferiori a quelle del presente avviso, allegando idonea certificazione anche in copia;
h) le cause di risoluzione di precedenti rapporti di impiego.

Le domande incomplete o presentate oltre il termine sopra indicato non saranno prese in considerazione. Le domande si considerano presentate in tempo utile se spedite entro il termine di presentazione. In tal caso farà fede la data del timbro postale.

3. ESCLUSIONE DALLE PROCEDURE DI SELEZIONE

Determinano l’esclusione dalle prove di selezione:
a) le domande dalle quali non risulti il possesso di tutti i requisiti prescritti per l’ammissione alle prove;
b) le domande prive della sottoscrizione autografa;
c) le domande spedite o presentate oltre il termine stabilito dal punto 2 del presente bando.

4. PROVE D’ESAME

I candidati che risponderanno ai requisiti di cui sopra saranno sottoposti ad una serie di prove teorico-pratiche che consisteranno in:
1) una traduzione scritta, senza l’uso del dizionario, di un testo di ufficio dall’italiano al portoghese, per la quale i candidati disporranno di un’ora di tempo;
2) un colloquio in lingua italiana, inteso a verificare l’ottima conoscenza della lingua e le attitudini professionali dei candidati. Nel corso del colloquio verranno accertate nei candidati le conoscenze in materia di attivitá svolta dagli Uffici diplomatico-consolari all’estero. E’ altresí prevista una conversazione in lingua portoghese allo scopo di valutarne l’approfondita conoscenza. Nel corso della conversazione i candidati dovranno effettuare una traduzione orale estemporanea di un breve testo di ufficio dal portoghese all’italiano.
3) una prova pratica di uso del personal computer per lo svolgimento di mansioni d’ufficio.
4) una prova pratica di collaborazione consolare.


5. PUNTEGGIO MINIMO DI IDONEITA’

Per conseguire l’idoneità, i candidati dovranno ottenere il punteggio di almeno 70/100, con votazioni non inferiori ai 60/100 in ciascuna prova.


6. VALUTAZIONE DEI TITOLI

Per i soli candidati idonei, alla media dei punteggi conseguiti nelle prove ai fini della formazione della graduatoria finale va aggiunto un punteggio per il possesso dei titoli di studio e le esperienze lavorative nei seguenti limiti:
a) per ogni titolo di studio di grado superiore a quello richiesto per partecipare alle prove: punti 1/100, fino ad un massimo di punti 2/100;
b) per ogni anno di servizio prestato senza demerito con mansioni almeno equivalenti a quelle previste dal presente Avviso, o immediatamente inferiori nel caso di impiegati già in servizio: punti 1/100, fino a un massimo di 3/100.

7. DOCUMENTAZIONE

Il candidato risultato vincitore dovrà produrre la sottoelencata certificazione:
a) certificato di nascita;
b) certificato di cittadinanza;
c) certificato di residenza emesso dalle competenti Autorità locali attestante la residenza in loco da almeno due anni (ovvero certificato di iscrizione all’AIRE per i cittadini italiani);
d) certificato di buona costituzione fisica;
e) certificato penale (se cittadino non brasiliano, si richiede sia il certificato rilasciato dalle Autorità locali, sia quello del Paese di nazionalità);
f) stato di famiglia;
g) titoli di studio in copia autentica (i titoli di studio stranieri dovranno essere corredati di traduzione ufficiale e di una dichiarazione di equivalenza ovvero di valore rilasciata dalla competente autorità consolare italiana);
h) documentazione attestante le precedenti esperienze lavorative valutabili ai sensi dell’art. 7, comma 8, lettera b, del D.M. n. 655 del 16.3.2001.
La certificazione di cui ai punti a), b), c), d) dovrà essere presentata entro il termine di 15 giorni dalla data della richiesta da parte dell’Ufficio. La restante documentazione dovrà essere presentata prima della stipula del contratto.
Si precisa, a tale riguardo, che i soli cittadini dell’Unione Europea, in luogo della certificazione di cui ai precedenti punti a), b), c), e), f), g) potranno presentare le apposite dichiarazioni sostitutive di certificazione di cui all’articolo 4 del D.P.R. 28 dicembre 2000, n. 445;
Qualora successivi controlli dovessero far emergere la non veridicità del contenuto delle dichiarazioni sostitutive, l’interessato incorrerà nelle sanzioni penali di cui all’articolo 76 del precitato D.P.R. n. 445/2000, decadendo immediatamente dall’impiego e da ogni altro beneficio eventualmente conseguito sulla base della dichiarazione non veritiera.
In base agli elementi acquisiti dalle domande presentate in tempo utile, sarà formato un elenco dei candidati ammessi a sostenere le prove che saranno convocati a mezzo di comunicazione scritta inviata agli interessati almeno 10 giorni prima della data fissata per le prove stesse.
Gli accertamenti previsti dalle prove d’esame verranno effettuati da una Commissione Giudicatrice costituita a tale scopo.
Il candidato prescelto non potrà in ogni caso iniziare a prestare servizio se non dopo l’apposizione del visto da parte dell’Ufficio Centrale del Bilancio sul provvedimento ministeriale di approvazione del contratto.


San Paolo,19 maggio 2008
Il Console Generale
Marco Marsilli



IL PRESENTE AVVISO E’ STATO AFFISSO ALL’ALBO DI QUESTO CONSOLATO GENERALE IL GIORNO 19 maggio 2008

Il Console Generale
Marco Marsilli

Itália quer encontro com Espanha.

ROMA, 19 MAIO

O Chanceler da Itália, Franco Frattini, solicitou hoje ao embaixador italiano em Madri a convocação de um encontro interministerial para ilustrar "aos colegas espanhóis aquilo que não conhecem" sobre a política de imigração do novo governo italiano, liderado pelo mega-empresário conservador Silvio Berlusconi.

O encontro que o embaixador Pasquale Terracciano deve articular será marcado, provavelmente, para essa quarta ou quinta-feira, e reunirá o ministro italiano das Políticas Européias, Andrea Ronchi, e seu homólogo espanhol, Diego López Garrido. Segundo Frattini, a reunião é um passo necessário porque as declarações de representantes do governo espanhol, "além de desagradáveis, são fruto da falta de conhecimento das iniciativas do governo de Berlusconi sobre este tema". Recentemente, alguns membros do governo de José Luis Rodriguez Zapatero lançaram críticas às medidas e atuação do novo governo italiano, no que diz respeito à política de imigração que está em estudo na Itália.

Na última sexta-feira, a vice-presidente espanhola, María Teresa Fernández de la Vega, declarou que não concorda com a "política de expulsões" do país e, neste domingo, o ministro Celestino Corbacho (Trabalho) acusou o governo Berlusconi de discriminar imigrantes. Todas as declarações foram consideradas "imprudentes" pelo chanceler italiano e pelo governo de Berlusconi, que inclui em sua coalizão a Liga Norte, partido de extrema direita com linhas separatistas e xenófobas.

Fonte: ANSA

domingo, 18 de maio de 2008

Zélia Gattai morre aos 91 anos.

Filha e neta de imigrantes italianos, Zélia Gattai faleceu, em Salvador, aos 91 anos.


A escritora Zélia Gattai, filha e neta de imigrantes italianos, detentora da cadeira 23 na Academia Brasileira de Letras, autora de "Anarquistas Graças a Deus", e viúva de Jorge Amado, morreu, na tarde deste sábado (17), aos 91 anos, segundo informou o Hospital da Bahia, onde ela estava internada há 31 dias. Zélia estava na Unidade de Terapia Intensiva do hospital, em pós-operatório de uma laparotomia para desobstrução intestinal. A família decidiu cremar o corpo da escritora e espalhar as cinzas na antiga casa do Rio Vermelho, da mesma forma como foi feito com Jorge Amado.

Em janeiro deste ano, Zélia Gattai foi distinguida com o prêmio Órdine della Stella, concedido pela Itália aos que no país e fora dele contribuem para o fortalecimento da história italiana. A entrega do prêmio, um broche em formato de estrela, foi feita pelo embaixador da Itália no Brasil, Michele Valensise, em nome do presidente da República italiana, Giorgio Napolitano. A solenidade foi realizada na casa da escritora, no bairro de em Brotas, em Salvador, onde ela já enfrentava sérios problemas de saúde.

Biografia

Zélia Gattai nasceu em São Paulo (SP), em 2 de julho 1916. É filha de Angelina Da Col e Ernesto Gattai, ambos italianos. Seu pai, que a registrou como nascida no dia 4 de agosto, fazia parte do grupo de imigrantes políticos que chegou ao Brasil no fim do século XIX, para fundar a célebre “Colonia Cecília” – tentativa de criar uma comunidade anarquista na selva brasileira. A família de sua mãe, católica, veio para o Brasil após a abolição da escravatura para trabalhar nas plantações de café, em São Paulo.

Na década de 1930, Zélia tornou-se amiga de diversos artistas e intelectuais da época, como Oswald de Andrade, Lasar Segall, Tarsila do Amaral, Mário de Andrade, Rubem Braga, Zora Seljan, Aparecida e Paulo Mendes de Almeida, Letícia e Carlos Lacerda, Aldo Bonadei, Vinicius de Moraes e outros. Aos 17 anos, emprestado por um italiano, amigo de seu avô, o velho Ristori, recebe um livro de “um tal Jorge Amado, giovanotto inteligente, jornalista, escritor”, que fora a São Paulo vindo do Rio de Janeiro.

Em 1942, no dia 12 de agosto, nasce seu primeiro filho, Luís Carlos Veiga, filho de seu casamento com o intelectual e militante comunista Aldo Veiga.

No início de 1945, Jorge Amado, membro do Partido Comunista, se encontrava em São Paulo para participar de movimentos reivindicativos e comandar a organização de um comício para Luís Carlos Prestes, recém-saído da prisão. Zélia, que já lera os primeiros romances de Jorge Amado e o admirava, conhece-o pessoalmente na abertura do Congresso Brasileiro de Escritores, que se realizava no Teatro Municipal de São Paulo. Registrou Zélia em seu discurso de posse na ABL: “De mim ele não sabia nada, nem podia saber porque eu era apenas uma simples desconhecida, sem nenhuma credencial. Ele também não sabia que eu possuía uma estrela que o pusera em meu caminho.” Em meados de 1945, casaram-se. Dessa união nasceu, em 25 de novembro de 1947, o filho João Jorge Amado, no Rio de Janeiro.

Em fins de 1947 o registro do Partido Comunista foi cancelado e os parlamentares eleitos por essa legenda, entre os quais Jorge Amado, eleito deputado federal por São Paulo, foram expulsos do Parlamento. Sem condições de segurança para permanecer no Brasil, Jorge viajou para a Europa. Em 1948, Zélia viajou ao seu encontro. Permanecem na Europa durante cinco anos, entre Paris e Praga, participando intensamente da vida cultural européia. Zélia conhece personalidades como Pablo Neruda, Nicolás Guillén, Jean-Paul Sartre, Simone de Beauvoir, Aragon, Paul Éluard, Fréderic Juliot Curie, Picasso e Ilya Eremburg. Nesse período, adquire uma máquina fotográfica alemã, no mercado de Paris, iniciando-se na arte da fotografia.

Em 1949, conclui o curso de Língua e Civilização Francesa, na Sorbonne.

Zélia e Jorge passam a residir no Castelo da União dos Escritores, em Dobris, na Tchecoslováquia, no ano de 1950.

No dia 19 de agosto de 1951, nasce sua filha Paloma Jorge Amado, em Praga.

Retornando ao Brasil, em 1952, instala-se no apartamento do sogro, no Rio de Janeiro, morando na cidade durante dez anos. Fixa residência em Salvador, Bahia, no ano de 1963.

Começa sua produção literária escrevendo seu primeiro livro de memórias, Anarquistas Graças a Deus, lançado em 1979, no Rio de Janeiro. Nesta obra narra a vida de seus pais, a realidade dos imigrantes italianos no Brasil e sua infância em São Paulo. Um Chapéu para Viagem é seu segundo livro, editado em 1982. A obra narra o começo de sua vida com Jorge Amado e as histórias dos Amado, contadas por Lalu, mãe do escritor.

No ano seguinte é lançado, em Salvador, o livro Pássaros Noturnos do Abaeté, com gravuras de Calasans Neto e texto de Zélia Gattai. Em 1987, publica Reportagem Incompleta (fotobiografia), com fotografias de sua autoria. Torna-se membro do Conselho Curador da Fundação Banco do Brasil.

Edita Jardim de Inverno, em 1988. O livro é lançado na Fundação Casa de Jorge Amado. A obra narra os momentos políticos difíceis, vividos entre 1949 e 1952. É homenageada com uma exposição sobre o tema “Jardim de Inverno”, pela Fundação Casa de Jorge Amado.

No mundo da ficção, estréia com o livro infantil Pipistrelo das Mil Cores, em 1989, com ilustrações de Pink Wainer. Dois anos depois publica O segredo da Rua 18, também dirigido às crianças, ilustrado por Ricardo Leite.

Volta às memórias com Chão de Meninos, lançado em 1992. A obra, que retrata o retorno do exílio, no período de 1952 a 1963, é dedicada ao marido, em comemoração aos seus oitenta anos.

O próximo livro é um romance, Crônica de uma Namorada, de 1995. Relata a época do surgimento da televisão e a descoberta do amor por uma adolescente. No mesmo ano sua filha, Paloma Jorge Amado, publica, em homenagem aos pais, o ABC dos 50 Anos de Amor de Zélia e Jorge.

Edita, em 1999, A Casa do Rio Vermelho. No ano de 2000, lança na Bienal do Livro, em São Paulo, Città di Roma, ilustrado com fotografias de época. A obra narra a saga de seus familiares e seus primeiros anos em São Paulo. Publica, também, no mesmo ano, o livro infantil Jonas e a sereia, com ilustrações de Roger Mello.

Em 2001 fica viúva de Jorge Amado. Publica Códigos de Família, livro de memórias. Seu livro mais recente é Jorge Amado: um Baiano Sensual e Romântico, lançado em 2002.

Sua obra literária gerou a adaptação de Anarquistas Graças a Deus para minissérie da Rede Globo; a peça de teatro adaptada de seu segundo livro Um Chapéu para Viagem; a edição comemorativa com fotografias da autora e seus familiares pelos 20 anos de Anarquistas Graças a Deus.

Prêmios e homenagens

Prêmio Dante Alighieri (1980);
Prêmio Revelação Literária, concedido pela Associação de Imprensa (1980);
Diploma de Sócia Benemérita da Ordem Brasileira dos Poetas da Literatura de Cordel;
Placa “As dez mulheres mais bem sucedidas do Brasil” pela Mac Keen (1980);
Título de Sócia Benemérita do Clube Baiano da Trova (1981);
Título de Cidadã Honorária da Cidade de Salvador, Bahia (1984);
Título de Cidadã Honorária da Cidade de Mirabeau (1985);
Título no grau de Grande Oficial da Ordem do Infante Dom Henrique, concedido pelo governo português (1986);
Diploma de Madrinha dos Trovadores, concedido pela Ordem Brasileira dos Poetas da Literatura de Cordel;
Medalha do Mérito Castro Alves, da Secretaria da Educação e Cultura do Estado da Bahia (1987);
Diploma de Reconhecimento do Povo Carioca pelos relevantes serviços prestados à Cultura e ao Turismo, da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro;Prêmio Destaque do Ano (1988);
Eleita A Mulher do Ano pelo Conselho Nacional da Mulher (1989);
Diploma de Magnífica Amiga dos Trovadores Capixabas, Espírito Santo (1991);
Comenda das Artes e das Letras dada pela ministra da França, Caterine Trautmann (1998);
Comenda Maria Quitéria pela Câmara Municipal de Salvador (1999);
Criação da Fundação de Cultura e Turismo Zélia Gattai, pela Prefeitura de Taperoá (2001).

Fonte: Oriundi

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Itália contra o crime e a imigração ilegal.

ROMA, 15 MAIO

A polícia italiana prendeu 383 pessoas na última semana, sendo 268 estrangeiros, em uma operação que incluiu nove regiões e 15 províncias do país. Deste total, 92 pessoas foram detidas por tráfico de drogas, 11 por imigração ilegal e não-cumprimento da ordem de expulsão do país, três por prostituição e 177 por roubos e assaltos.

Parte dos imigrantes ilegais foi expulsa, num total de 53 pessoas acompanhadas até a fronteira italiana, e o restante foi encaminhado a Centros de Permanência Temporária. "Trata-se de uma vasta e completa operação contra crimes ligados à imigração ilegal", afirmou hoje (15) o chefe de polícia Francesco Gratteri. "Não é uma ação dirigida a uma categoria ou etnia específicas, mas que tem como único objetivo combater uma criminalidade que provocou um aumento no alerta social", explicou Gratteri.

ANSA

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Berlusconi dará prioridade ao crescimento.


ROMA, 13 MAI (ANSA) - O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, informou hoje que dará prioridade ao crescimento para permitir que a Itália saia de sua longa fase de estagnação, durante o seu primeiro discurso político para pedir o voto de confiança da Câmara dos Deputados.

"O problema principal de nosso país é retomar o crescimento após uma longa fase de queda de nossa produção econômica", destacou. "O país deve e tem que se levantar. Temos toda a capacidade para voltar a caminhar e começar um novo período, que deve ser o de uma fase de crescimento", insistiu.

Berlusconi enumerou as prioridades do seu Executivo: a solução da crise do lixo em Nápoles e arredores, a eliminação do imposto sobre a primeira casa (conhecido como ICI) e das taxas de horas extras. A Itália deve "permanecer dona de sua própria casa, mantendo a sua tradicional hospitalidade", disse o premier italiano, em se referindo ao problema da imigração. O seu Executivo prepara um decreto que considera a imigração sem documentos um crime na Itália, o que facilitará as expulsões.

As medidas que o governo está preparando destinam-se principalmente aos romenos, acusados de vários crimes que assolaram o país (a questão da segurança foi um dos temas-chave da campanha eleitoral). O chefe de governo também convidou a oposição de centro-esquerda para um "diálogo transparente" a partir deste momento.

"O diálogo pode e deve começar já, após o voto de confiança", previsto para acontecer nesta quarta-feira (14) na Câmara dos Deputados e na quinta-feira (15) no Senado, para "retomar as reformas de que a Itália tanto precisa", afirmou Berlusconi.

Fonte: ANSA

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Itália adotará medidas firmes contra imigração.

O novo ministro das Relações Exteriores da Itália, Franco Frattini, assegurou nesta segunda-feira que a Itália vai adotar medidas "firmes mas não racistas" contra a imigração ilegal.

"Os cidadãos italianos não exigem do governo de Silvio Berlusconi um comportamento racista ou xenófobo, algo que jamais se aceitará, mas sim uma atitude firme contra a imigração clandestina", afirmou Frattini em um programo de rádio.

"Os italianos exigem uma mudança e pedem antes de tudo que se apliquem as medidas que já existem para todos aqueles que violam as leis", assegurou o chanceler.

Vários protestos espontâneos foram registrados em diferentes cidades italianas devido a roubos e assassinatos cometidos por imigrantes, entre eles romenos e ciganos, o que tem gerado uma onda de xenofobia.

No último fim de semana uma jovem cigana quase foi linchada em Nápoles ao tentar roubar um bebê de seis meses, segundo a imprensa local.

A direita italiana prometeu durante a campanha eleitoral garantir a segurança dos italianos e espera reduzir a entrada de romenos no país, que podem entrar livremente na Itália por serem da União Européia.

O novo ministro do Interior, Roberto Maroni, membro do partido xenófobo Liga Norte, está preparando um pacote de medidas contra a imigração clandestina, que facilitarão as expulsões e exigirão visto para os romenos.

AFP

PASSO A PASSO PARA FAZER TUA PRÁTICA DE RECONHECIMENTO DA CIDADANIA ITALIANA.


Com o objetivo de esclarecer frequentes perguntas acerca do processo de reconhecimento da cidadania italiana estou colocando aqui um pequeno roteiro, o qual espero poder ajudar.

1. Antes de tudo, veja se você tem direito a cidadania italiana analisando o esquema abaixo:


(clique na imagem para expandi-la).

2. ELABORAÇÃODO PROCESSO:

Em seguida é preciso reunir todos os documentos necessários, que é basicamente se você for para a Itália, certidão de nascimento, casamento e óbito de todos da linha de sangue, partindo de você até o teu ascendente que veio da Itália, mais a CNN que é a certidão de Não Naturalização emitida pelo Ministério da Justiça de Brasília.CLIQUE AQUI

2.1. BUSCA DE DOCS NO BRASIL- Veja a lista de cartórios brasileiros e os telefones deles, todos atendem o fone e aceitam que você deposite na conta entorno de 30 reais por certidão de nascimento e 40 por certidão de casamento e depois eles pedem que você confirme por fax o pagamento, você escaneia o pagamento e manda por e-mail. CLIQUE AQUI

Quando você tiver dificuldade de saber onde teu avó ou bisavô casou, você pede as certidões de nascimento dos irmãos mais velho de teu pai e próximos da data de casamento dele, ou a certidão de batismo na igreja ou mesmo de casamento na igreja.

2.2. BUSCA NA ITALIA

2.2.1. BUSCA NOS COMUNI

Se não souber nada de onde teu ascendente italiano veio da Itália, você pode ver no site abaixo onde se concentra hoje pessoas com sobrenome igual ao teu. CLIQUE AQUI

Para entrar em contato com os COMUNI via telefone na Itália, via e-mail ou via carta para pedir as certidões procure em um dos 3 sites abaixo:

CLIQUE AQUI - 1
CLIQUE AQUI - 2
CLIQUE AQUI - 3

2.2.2. BUSCA NAS PARÓQUIAS

Quando o teu ascendente italiano nato na Itália for nascido antes de 1871 na maioria dos Comuni ou você conseguir uma declaração do Comune de que na época de nascimento do ascendente apenas havia o registro de batismo feito pela Igreja.

Para entrar em contato com as Igrejas da Itália: CLIQUE AQUI

2.2.3. ARCHIVIO DI STATO

Muitas vezes o imigrante dizia ser de Veneza, ou de Udine, de Trento ou de Milano, quando, na verdade, ele era da Região do Veneto, da Região Friuli, da Região Trentina ou da Região da Lombardia. Isso não significa que o imigrante mentia ou queria enganar, era apenas porque ele usava como referências das suas origens a capital da Região. Neste caso, você deve pesquisar os Archivio di Stato das Províncias da região de origem do italiano.

Cada Província italiana possui seu Archivio di Stato, mais ou menos a mesma coisa que os Arquivos Públicos estaduais brasileiros. Seu acervo é composto por registros históricos, culturais, políticos, artísticos e de patrimônio das Províncias. O Archivio di Stato é um órgão subordinado ao "Ministero per i Beni e le Attività Culturali" e onde as pessoas interessadas poderão encontrar os sites e os e-mail de todos os Archivio das Províncias da Itália. Entre no link abaixo.

CLIQUE AQUI

O que podemos encontrar no Archivio di Stato que serve às nossas pesquisas:

- Documentos/registros relacionados aos censos populacionais da Província;
- Documentos de compra e vendas de terras, mapas, etc;
- Lista di Leva - que são os registros de convocação ao Serviço Militar das pessoas nascidas na Província ou que moravam na Província no momento da convocação. Esses registros militares contêm os nomes de todas pessoas que serviram ou que foram dispensadas do Serviço Militar, com nomes de pais, locais e data de nascimento;

- Registros civis - que são cópias dos mesmo registros de nascimento, casamento, óbito existentes nos Comuni da Província (pós 1871);
- Registros Civis do período Napoleônico (1806-1815), que são os registros civis originais de Nascimento/Casamento/Morte.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES PARA BUSCA NO ARCHIVIO DI STATO-

Para pesquisar Registros Civis é necessário saber com exatidão o Comune de origem, pois os registros estão ordenados por Comune e não há um índice geral deles;

- Para pesquisar os Registros Militares, basta ter uma data aproximada do nascimento do italiano. Os registros são por ano de nascimento para a Convocação Militar;

- Nem todos os Archivios di Stato possuem estes Registros Civis e Militares completos, havendo muitos casos de desaparecimento ou destruição por conta das guerras;

- Os Archivio di Stato não emitem certificados de nascimentos. O que eles fornecem são os dados da pessoa pesquisada, caso seja localizada. Não se encontram esses registros disponíveis pela Internet e, em alguns casos, também não fornecem fotocópias dos registros;

- As pesquisas devem ser feitas pela pessoa interessada. Nos casos de pesquisadores residentes fora da Itália, eles próprios fazem a pesquisa, a partir da solicitação, dentro da ordem de chegada das correspondências, sem nenhum custo ao solicitante.

Para encontrar modelos de cartas e dicas de buscas:

CLIQUE AQUI

2.3. CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS E RETIFICAÇÃO

Depois que você conseguiu todas as certidões, especialmente do Italiano "nato na Itália" você deve verificar se tem erros e se é necessário corrigí-los: revise nomes, sobrenomes e datas de todas as certidões exigidas na Ciculare nº K.28.1 8 del Aprile 1991, Ciculare nº K.84.1 2 del Genaio 2001 e Ciculare nº K.60.1 8 del Gennaio 2001 desde o seu ascendente italiano, em linha reta, até você, talvez haja necessidade de averbação judicial - isso precisa de assistência de advogado e pode levar mais de 6 meses, dependendo da agilidade do fórum da sua região e da experiência do advogado.

LEIA AS CIRCULARES AQUI

Com as certidões certinhas em mãos, mais inclusive a CNN, certidão negativa de naturalização, mais declaração de solteiro/a, ver modelo no final, reconheça as firmas dos oficiais de cartório num tabelionato na cidade onde está localizado o seu consulado. No caso de São Paulo a firma pode ser reconhecida no 27º ou 14º Tabelião.

2.4. TRADUÇÃO E LEGALIZAÇÃO

Leve para traduzir, se informe num patronato se eles tem tradutor - pode sair mais barato, mas atenção: os docs devem vir com carimbo e assinatura de tradutor juramentado; reconheça a firma do tradutor.O próximo passo seria levar para legalizar no consulado.

Para a legalização: junte a tradução com o respectivo original, não grampei, use clips em cada par.
Você deve levar um comprovante de residência em seu nome, verifique com o seu consulado quais documentos eles aceitam como prova de residência. Por exemplo: conta recente de água, luz, ou uma certidão que você tira na sua Zona Eleitoral e que contém os seus dados de eleitor, endereço e CPF. Valor aproximado por certidão: as simples (nasc, casam) + tradução 43 reais por folha; negativa de naturalização + tradução 66 reais por folha; Não renúncia R$ 82, valores informados pelo consulado em 10/07.3.

PLANEJAMENTO DE VIAGEM

3.1. Faça a Carteira de Habilitação internacional.

3.2. Se você é contribuinte do INSS brasileiro, saiba que o governo brasileiro tem um convênio com o italiano que permite contar como tempo de serviço para aposentadoria em ambos os países. Procure o posto do INSS da capital do seu estado para levar os comprovantes da contagem que você recolheu no Brasil, caso você deseje mudar em definitivo para a Itália.

3.3 Aproveite para tirar carteira de albergue e um punhado de fotografias 3x4.

3.4 Tire também - nas vésperas da sua partida - uma outra via da sua certidão de nascimento e reconheça a firma do escrevente no tabelião, há casos de pessoas que estão tendo que comprovar que são solteiras - veja item abaixo. Se possível, solicite ao cartório uma declaração de que você é solteiro - você vai precisar de duas testemunhas. Reconheça firma no cartório e do escrevente no tabelião, mande traduzir e legalize no consulado.

3.5 Use Visa Travel Money, que é um cartão de débito aceito em todos os lugares que aceita cartões Visa, assim não é necessário carregar dinheiro nem cheques e em caso de extravio você pode solicitar outra cartão e você não perderá nada, por que há senha.

3.6 Solicite cartão de crédito internacional ao banco, se você ainda não tiver. Uma alternativa é pedir para pai, mãe ou outra pessoa próxima para te dar um cartão adicional - é sempre bom levar mais de um pra dar idéia na imigração de que você tem como se manter lá, mesmo que este adicional você não vá usar. Detalhe:é bom você ter o dinheiro necessário para a estada em travellers ou na sua conta - demonstrativos de contas adicionais podem não ser aceitos depois...

4. QUANDO VOCÊ ESTIVER NA ITÁLIA

4.1. Faça cópias de toda a documentação - sempre! Quando não for necessário usar os originais, ande apenas com as cópias.

4.2. Prepare-se para a viagem, procure aprender um italiano básico, isto irá ajudá-lo no dia-a-dia.

4.3. Imprima, traduza e estude bem as Ciculares nº K.28.1 8 del Aprile 1991, Ciculare nº K.84.1 2 del Genaio 2001 e Ciculare nº K.60.1 8 del Gennaio 2001.

LEIA AS CIRCULARES AQUI

4.4. Se você entrar na Itália vindo de país não-Schengen o timbro de entrada feito no passaporte já é válido como dichiarazione di presenza, e lhe dará direito a ficar na Itália por 90 dias e servirá para fazer a residência (Iscrizione anagrafica) e conseqüentemente requerer o PDS in attesa di riconoscimento di cittadinanza (ver abaixo);

SE, POR OUTRO LADO, você entrar na Itália vindo de um país Schengen [Alemanha Espanha, França, Holanda, Belgica, Luxemburgo, Grecia, Itália, Suécia, Áustria, Dinamarca, Finlândia, Noruega, Portugal e Islândia], você tem até 8 dias para fazer a dichirazione na Questura (Policia) modelo (leve uma via preenchida para se guiar na hora, por via das dúvidas).

4.5. Os documentos na imigração são (além de ter a mão dinheiro em cash e/ou traveller cheques e/ou cartões de crédito internacionais):
- Docs originais para a prática da Cidadania;
- Passaporte;
- Passagem de volta (não mais de 3 meses se vai entrar sem visto);
- Seguro de saúde, pode ser do INSS (existe um acordo Brasil/Italia), mas também pode ser feito na Itália porque os feitos no Brasil geralmente não são aceitos (Custo: 57,00€ + 12,00€ taxa da agência de turismo),
- Algum comprovante de onde você vai se hospedar como reserva de hotel ou carta d'ospitalità;
- Toda a documentaçao de visto de estudo ou trabalho, se for seu caso.

4.6. Com a “declaração“ pronta ou visto timbrado na imigraçao você deve solicitar o CODICE FISCALE (CPF italiano) no Ufficio delle entrate do Ministero delle Finanze - todo comune tem um. Não tem custo, você deve levar a “declaração“ ou visto (leve o passaporte de qualquer jeito) e preencher o módulo. Você recebe na hora uma folha com os seus dados e o n° do CF (código fiscal). É um documento necessário na hora de você marcar a residência. Algumas cidades fazem o Código Fiscal antes de encaminhar a declaração. O CF solicitado chega via correio no endereço que você indicou.

4.7. Para o REGISTRO DA RESIDÊNCIA (inscrição anagráfica) deve dirigir-se ao oficial do anagrafe (você deve ir com quem está te dando o allogio/alojamento e levar a carta d’ospitalita ou o contrato do aluguel registrado, mais o passaporte, o permesso/permesso eletronico/ricevuta ou a dichiarazione di presenza e todas as certidões legalizadas e traduzidas (e respectivas copias de todos esses documentos). O oficial do comune DEVE visionar seus documentos e lhe dar uma declaração, protocolo ou atestado (modelo) onde ele diz que visionou seus documentos que eles são idôneos e que você está está apto a requerer o reconhecimento da cidadania; CASO VOCÊ ESTEJA COM OS DOCUMENTOS LEGALIZADOS e o oficial do anagrafe se negar a visionar, se negar a fornecer o que você precisa, escrever uma carta registrada p/ o prefeito da provinzia, e não ter medo, pois nós temos direito à cidadania juris sanguinis.

4.8. Aguardar VISITA DO GUARDA (vigile) para confirmação da residência. Não esqueça de escrever o seu nome no interfone/citofono/campanello: é uma forma de saberem que você realmente mora naquele endereço. Assim que comprovar tudo, o vigile completa o documento com os dados, que volta para Anagrafe, e esses dados serão passados para o sistema de informática. Quando seu nome já estiver constando como residente no seu comune, você poderá deixar todos os documentos do processo de reconhecimento da cidadania (adiante tudo: leve também cópias);

4.9. Algumas pessoas estão encontrando dificuldades ao final do processo com a requisição, por alguns comunes, de um documento que comprove o seu STATO LIBERO, ou seja: que são solteiras. Se você é solteiro, aproveite agora e vá ao consulado brasileiro em Roma ou Milão e peça um documento comprobatório do seu estado civil - e traduza (juramentada) para o italiano.

4.10. Solicitação de PERMESSO IN ATTESA DI RICONOSCIMENTO DI CITTADINANZA:

Separe os documentos indicados abaixo (originais e cópias). Dica importante: depois de conseguir a residência, solicite o attesa, mas é melhor fazer via telemática através do patronato mais próximo - deve ser agendado.

Se você preencher sozinho e mandar, demora muito mais a resposta! Às vezes o PC do sistema do Ministerio não consegue ler o que está escrito e isso dificulta o trabalho deles por lá, atrasando assim, a convocação. Via posta: você pega um kit amarelo no correio, preenche o módulo 1, marca um X na requisição do "Permesso di soggiorno in attesa di riacquisto cittadinanza", e envia junto com as cópias dos documentos necessários:

-Fotocópia de cabo a rabo do passaporte (VOCÊ NÃO PODE SAIR DA ITÁLIA depois porque você teria carimbos extras];

-Mais cópia da carta que o funcionário visou e deu ok;

-Declaração de Presença;

-Certificado de residência, emitido pelo comune de residência;

-Codice fiscale;

-Copia dos documentos que comprovem o direito a cidadania;

-Carta do comune onde diz que os seus documentos são idôneos e a sua residência foi confirmada junto ao comune;

-Cartao de crédito, mais uma declaração dizendo que você pode se sustentar ou comprovante de Deposito de 2500,00€ em uma conta bancária;

-Marca da Bollo 14,62€;

-04 Fotos.

PS: Os custos e documentos/comprovantes exigidos podem sofrer alterações conforme a região.

4.11. Aguardar a questura chamá-lo para fazer o permesso soggiorno do reconhecimento da cidadania italiana (eletrônico) com o qual você poderá ficar na Itália por um ano - você deverá retirar o permesso na Questura [REVISANDO - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS];

4.12. Inscrição sanitária (TESSERA SANITARIA): se inscrever no ASL local (para ter assistência médica) e esperar a conclusão do teu processo - a Tessera vem também com o número do codice fiscale;

4.13. Protocolo do pedido de cidadania; Solicitação de informações (NON RINUNCIA) do Comune para o Consulado competente - INSISTA PARA QUE O COMUNE FAÇA A REQUISIÇÃO VIA FAX; Resposta do Consulado por fax ou malote diplomático (esta última opção demora demais). ATENÇÃO: esta é uma prática entre o comune e o consulado– NÃO PRESSIONE O COMUNE DEMAIS, nem avance o sinal;

1. Registro da documentação e cidadania;
2. Confecção do carteira de identidade e passaporte italianos.
3. Caso o requerente da cidadania não permaneça na Itália, deverá fazer a transferência de sua residência para o país onde for residir (AIRE) em até 90 dias.

Após o deferimento da cidadania os requerentes obterão os seguintes documentos para comprovação de sua cidadania: • certidão de nascimento e casamento (se for casado) transcrita no comune onde o processo foi realizado; • certificado de cidadania italiana; • certidão de residência na Itália; • carta de identidade italiana; • passaporte italiano

Duvidas?

cidadanianaitalia@hotmail.com

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Empresa brasileira é processada na Itália.

PADOVA, 8 de MAIO

Uma empresa fabricante de próteses e utensílios médicos de Minas Gerais está envolvida no processo que investiga, na Itália, pelo menos duas mortes causadas por falhas em válvulas cardíacas produzidas no Brasil. Pelo menos 10 italianos também sofreram danos permanentes à saúde devido aos produtos, e suspeita-se que mais mortes tenham ocorrido. O promotor Matteo Stuccilli, de Padova (norte da Itália), pede três anos de prisão para Rubens Junqueira de Sousa e Ivan Sérgio Joviano Casagrande, gerentes da TRI-Technologies, de Nova Lima e Belo Horizonte (MG).



Em 2002 e nos anos precedentes, válvulas artificiais da aorta com defeito provocaram graves complicações e riscos para a saúde de italianos tratados em Padova e Turim. Em dezembro de 2002, a Anvisa chegou a proibir a empresa brasileira de produzir as "válvulas assassinas" (como a imprensa italiana se referiu ao caso), por não possuir "nenhum registro para fabricar" qualquer tipo de válvula ou prótese para o coração. A medida não foi suficiente para evitar as mortes e complicações, pois os produtos utilizados nos meses anteriores já apresentavam falhas graves.

O então ministro da Saúde, Girolamo Sirchia, ordenou o recolhimento de todas as válvulas da empresa, que custavam bem mais barato que as concorrentes. Também estão sendo acusados de envolvimento nas mortes o médico e professor Dino Casarotto, diretor de um centro de cirurgias cardiovasculares em Padova, além de Vittorio Sartori, diretor de três empresas revendedoras das válvulas brasileiras.

O projetista das válvulas, Thomas Henry Reif, e outras pessoas envolvidas na certificação de qualidade dos produtos também são alvos do processo. A promotoria suspeita de que se trate também de um caso de corrupção. A data da publicação da sentença está prevista para o próximo dia 9 de junho.

Fonte: Ansa

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Gabinete do governo de Berlusconi é anunciado.


ROMA, 7 MAI -

O premier italiano eleito Silvio Berlusconi, da coalizão de centro-direita Povo da Liberdade (PDL), anunciou hoje a sua lista de ministros ao presidente Giorgio Napolitano. O novo gabinete - o terceiro formado pelo líder conservador, que já havia ocupado o cargo de primeiro-ministro em 1994 e entre 2001 e 2006 - irá tomar posse amanhã, às 17h locais.

Confirmando rumores anteriores, Gianni Letta assumirá o cargo de subsecretário, repetindo o cargo que já havia ocupado no governo anterior de Berlusconi. Ex-diretor do jornal Il Tempo, Letta é um dos mais próximos colaboradores do futuro premier e foi vice-presidente da Fininvest Comunicazioni, do Grupo Fininvest de Berlusconi. O líder da Liga Norte (partido que faz parte do PDL), Umberto Bossi, ficará com a pasta das Reformas, como já havia alardeado.

Ao contrário de declarações feitas nas últimas semanas, Roberto Calderoli não será vice-premier, mas sim ficará com o Ministério para a Simplificação. A presença de Calderoli no gabinete foi duramente criticada pelo filho do ditador líbio Muammar Kadafi, que relembrou que, em 2006, o então ministro das Reformas do segundo governo Berlusconi usou uma camiseta com uma caricatura de Maomé, causando polêmica entre a comunidade islâmica da União Européia (UE).

O Ministério da Fazenda será dirigido por Roberto Maroni, cargo já ocupado por ele na primeira administração de Berlusconi. O ministro dos Assuntos Exteriores será Franco Frattini, comissário europeu para a Justiça e Segurança. Sandro Bondi, um dos defensores mais ferrenhos de Berlusconi, ficará com a pasta de Bens Culturais.

Fonte: ANSA

terça-feira, 6 de maio de 2008

Itália prende brasileiro por tráfico humano.


A polícia italiana prendeu neste fim de semana em Roma um travesti brasileiro acusado de fazer parte de uma rede de tráfico de transexuais para a Itália.

Welington Gomes dos Santos, de 25 anos, conhecido como "Andréia", foi preso neste sábado, acusado de ameaçar e explorar transexuais brasileiros na capital italiana. Parte do dinheiro arrecadado era enviado a um cúmplice no Brasil. O cúmplice, brasileiro, cujo nome não foi divulgado pela policia, seria suspeito de coordenar o trafico de transexuais para a Itália.

Segundo as acusações de dois outros travestis brasileiros, Welington agia em parceria com um namorado italiano, de 29 anos, que a polícia ainda não prendeu. Eles exigiam cerca de 13 mil euros (cerca de R$ 33 mil) dos transexuais como pagamento de velhas dívidas, como a passagem do Brasil para a Itália e o fornecimento da documentação para estar legalmente no pais. Era cobrado também o "aluguel" da calçada onde os transexuais faziam ponto. Os pontos eram em três diferentes bairros da cidade, dois deles próximos ao centro histórico da capital: Prati e Testaccio.

Carro blindado

De acordo com informações que a polícia deu ao jornal Corriere della Sera, Welington mandava parte desse dinheiro todos os meses ao Brasil. Seriam cerca de R$ 7 mil, entregues a um brasileiro que mora em São Paulo. Segundo o jornal, o homem, que a polícia conhece apenas como "Latoya", anda por algumas favelas da cidade à bordo de um carro blindado e com guarda costas.

Na viagem, os transexuais brasileiros passariam por Zurique (Suíça) Budapeste (Hungria) e Viena (Áustria), de onde seguiriam, de ônibus, para Verona, no norte da Itália, e de lá para Roma. Chegando à capital italiana, conforme informações da polícia, os brasileiros eram colocados em apartamentos alugados pelo namorado de "Andréia", onde recebiam os clientes.

(Fonte: BBC Brasil)

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Palmeiras goleia Ponte e conquista Paulista em casa após 12 anos!!


(Papel de parede 1200x800)


Carlos Padeiro e Julyana Travaglia

Em São Paulo

O torcedor do Palmeiras pode comemorar um título paulista após 12 anos. E a conquista na final foi mais fácil do que o esperado. Neste domingo, a equipe alviverde goleou a Ponte Preta por 5 a 0, no estádio do Parque Antarctica, e sagrou-se pela 22ª vez campeão estadual.

O time do técnico Vanderlei Luxemburgo podia até perder por um gol de diferença em casa, mas encerrou a campanha bem-sucedida no Campeonato Paulista com mais uma vitória, a 15ª no certame. O palco da epopéia foi o mesmo do último título estadual palmeirense, em 1996, quando o time alviverde, também sob o comando de Luxemburgo, ganhou do Santos em casa, por 2 a 0, e levantou o troféu.

A parte negativa da história foram os incidentes envolvendo torcedores e policiais.Dois gols aconteceram no primeiro tempo: Ricardo Conceição marcou contra aos 20 min, e Alex Mineiro fez de cabeça, aos 34 min.

No segundo, a goleada: Valdivia marcou aos 28 min, e Alex Mineiro balançou as redes por mais duas vezes, aos 30 min aos 32 min. O camisa 9 terminou a competição como artilheiro, com 15 gols. Como de costume, Luxemburgo deixou o banco de reservas antes do término da partida. "São os jogadores que merecem a festa", declarou, rapidamente.

O jogo

Os visitantes iniciaram a partida no campo do adversário e criaram a primeira chance de gol da partida, aos 17 min. Luis Ricardo recebeu na área e chutou, a bola desviou e Marcos espalmou.Só que três minutos depois, os donos da casa, que estavam recuados, abriram o placar em um lance de bola parada. Leandro cruzou na área, e Ricardo Conceição cabeceou para as redes do gol do companheiro de time Aranha.

O gol abalou a equipe do interior paulista, que deixou de tomar conta da partida. Já o Palmeiras passou a ter mais posse de bola e criou duas chances de gol, mas Diego Souza e Kléber erraram na finalização.Até que aos 34 min, a torcida paulistana começou a ensaiar o grito de campeão. Após boa troca de passes do ataque palmeirense, Élder Granja recebeu e avançou sozinho pelo lado direito. Ele cruzou na área, e Alex Mineiro mergulhou com estilo para cabecear no canto esquerdo de Aranha.

Aos 45 min, a Ponte chegou com perigo na área palmeirense e reclamou de uma infração. O zagueiro Gustavo entrou com a sola e impediu a finalização de Renato.Na etapa final, brilharam as estrelas do camisa 10 Valdivia e de Alex Mineiro. Depois de a Ponte ameaçar uma reação, mas parar nas mãos de Marcos, o chileno pegou a bola na intermediária passou por dois adversários e chutou para marcar o mais belo gol da partida, aos 28 min.

Na comemoração, deu um forte abraço no comandante palmeirense.Dois minutos depois, Valdivia tocou para Martinez. O camisa 11, mesmo em posição irregular, saiu na cara de Aranha e rolou para Alex Mineiro só tocar para o gol. Aos 32 min, o centroavante dominou a bola após Diego Souza dividir com a zaga, invadiu a área e bateu na saída do arqueiro ponte pretano.

PALMEIRAS 5 X 0 PONTE PRETA

PALMEIRAS:

Marcos (Diego Cavalieri), Élder Granja, Gustavo, Henrique e Leandro; Pierre, Martinez, Diego Souza e Valdivia; Kléber (Denílson) e Alex Mineiro (Lenny)Técnico: Vanderlei Luxemburgo

PONTE PRETAAranha, Eduardo Arroz, César, João Paulo, e Vicente; Deda, Ricardo Conceição, Elias (Giuliano) e Renato; Luis Ricardo e Leandro (Wanderley)Técnico: Sérgio GuedesLocal: estádio do Parque Antarctica, em São PauloÁrbitro: Cléber Wellington AbadeAuxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Vicente Romano Neto

Cartões amarelos: Pierre (P), Kléber (P), Leandro (P), Gustavo (P), Valdivia (P); César (PP), Eduardo Arroz (PP)Cartões vermelhos: Diego Souza (P) e Deda (PP) Gols: Ricardo Conceição (contra), aos 20 min, e Alex Mineiro, aos 34 min, do 1º tempo; Valdivia, aos 28 min, e Alex Mineiro aos 30 min e aos 32 min do 2º tempo Público: 27.927 pagantes

Renda: R$ 1.433.350,00

PRINCIPAIS LANCES



Alex Mineiro marcou três na goleada por 5 a 0 do Palmeiras para levar o título



Jogadores comemoram a goleada que valeu o título do Campeonato Paulista

PRIMEIRO TEMPO

14min - Alex Mineiro avança pelo lado esquerdo e toca para Leandro, que cruza, mas nos pés da zaga da Ponte Preta.
17min - Renato coloca a bola entre as pernas de Martinez e chuta para boa defesa de Marcos.
20min - GOOOOLLLL DO PALMEIRAS!!! Leandro bate falta e a bola desvia em Ricardo Conceição, enganando o goleiro Aranha: 1 a 0.
34min - GOOOOOLLLL DO PALMEIRAS Élder Granja cruza pelo lado direito e Alex Mineiro, de cabeça, amplia a vantagem para 2 a 0.
SEGUNDO TEMPO
11min - Vicente cobra falta para a Ponte Preta, mas a bola só acerta o travessão.
12min - Grande defesa de Marcos!!! Vicente solta a bomba de fora da área e o goleiro do Palmeiras se estica todo para fazer a defesa.
28min - GOOOOOLLLL DO PALMEIRAS Valdivia arranca pelo lado esquerdo, dribla dos zagueiros e bate para fazer 3 a 0.
30min - GOOOOOLLLL DO PALMEIRAS: Alex Mineiro recebe de Martinez e só empurra para o fundo das redes de Aranha: 4 a 0.
32min - GOOOOOLLLL DO PALMEIRAS Diego Souza divide com a zaga. A bola sobra para Alex Mineiro, que avança, passa pela marcação e toca na saída do goleiro: 5 a 0.

VEJA OS 5 GOLS DO PALMEIRAS.




video


Fonte: Terra

sexta-feira, 2 de maio de 2008

PREFEITURA DE VENEZA PROÍBE VENDA DE GRÃOS PARA ALIMENTAR POMBOS.

VENEZIA, 30 ABR -

A velha tradição dos turistas de dar de comer às pombas na praça de São Marcos em Veneza chegou ao fim, isso porque entrou em vigor uma ordem municipal que proíbe a venda de grãos para as aves da cidade. A decisão do prefeito Massimo Cacciari tem sido muito criticada pelos donos das barracas que vendiam grãos para as pombas.

As barracas, cerca de uma dezena, que amanheceram fechadas mas decoradas com cartazes coloridos e frases escritas contra o prefeito, foram colocadas todas juntas diante da Basílica: "Se não podemos vender grão, pelo menos que nos dêem a licença para vender especialidades venezianas e souvenires na praça, como nos haviam prometido no início", queixara-se.

O prefeito decidiu pela proibição após estudos terem apontado as pombas como causadoras de danos ao patrimônio artístico da cidade. Os donos dos postos, não entanto, não concordam com esta afirmação. "Estamos convencidos de que os monumentos não se degradaram devido às pombas, querem tirá-las, como querem tirar nós que estamos aqui há décadas. Se continuar assim, cedo ou tarde tirarão também os gondoleiros", disseram.

Segundo um estudo da superintendência de Arqueologia, as pombas custam a cada cidadão cerca de 275 euros por ano, devido aos problemas higiênicos e sanitários que causam e pela limpeza e restauração dos monumentos que sujam.

Fonte: ANSA

Aumenta a desconfiança dos italianos com imigrantes.

ROMA, 29 ABR

A desconfiança dos italianos com os imigrantes está aumentando, em especial com os islâmicos, visto que quase um em cada três cidadãos se opõe à construção de mesquitas no país e a contenção e a regulamentação da imigração é apontada como um dos 10 maiores problemas atuais, informou um relatório apresentado nesta terça-feira.

Uma investigação realizada pelo instituto Makno para o Ministério do Interior apontou que residem atualmente na Itália 2,4 milhões de estrangeiros com permissão regular de permanência e que mais de 88% deles vivem no centro-norte do país. O ministro do Interior, Giuliano Amato, apresentou hoje o estudo, segundo o qual, os imigrantes são vistos sobretudo como trabalhadores e como um recurso econômico.

A porcentagem de estrangeiros que residem na Itália, em relação ao total da população do país, é de apenas 5%, baixa se comparado a outros países europeus. O relatório destacou que há uma grande diferença entre a porcentagem que reside no centro-norte da Itália, onde os imigrantes representam 6,8% da população, e no sul, onde são apenas 1,6%.
Fonte: ANSA

Brasileiros são presos em rede de prostituição na Itália.


ROMA, 30 ABR

Sete brasileiros foram presos pelas polícias italiana e brasileira em uma operação de combate ao tráfico de seres humanos destinados à prostituição. Quatro das pessoas foram presas nas cidades italianas de Milão, Treviso e Padova e as outras foram detidas em São Paulo e Espírito Santo.

De acordo com investigações da polícia e da Interpol, a organização criminosa atuava em todo o norte da Itália, onde as mulheres, que vinham do Brasil e entravam na Itália como turistas, eram obrigadas a se prostituir.

A polícia italiana prossegue com as investigações, com o objetivo de encontrar outros possíveis envolvidos e determinar a ligação entre o grupo de brasileiros e outras organizações criminosas do país. Autoridades brasileiras já iniciaram o processo de extradição das quatro pessoas presas na Itália. (ANSA).

Novo prefeito de Roma propõe armar a polícia municipal


ROMA, 30 ABR

O novo prefeito de Roma, Gianni Alemanno, do conservador Partido do Povo da Liberdade (PDL), declarou que quer armar os agentes da polícia municipal da cidade em entrevistas publicadas hoje pela imprensa local. Alemanno, do mesmo partido do primeiro-ministro eleito, Silvio Berlusconi, venceu o Partido Democrata, que governou a cidade durante os últimos 15 anos, no segundo turno das eleições para a prefeitura realizado nos dias 27 e 28 desse mês.

Segundo ele, é preciso dar imediatamente "uma atenção forte para a segurança", tema central de sua campanha eleitoral. O prefeito eleito propõe que seja retomada uma deliberação apresentada durante o último mandato sobre a possibilidade de que os guardas de trânsito portem armas. A proposta prevê que os policiais submetam-se a um "treinamento e que não tenham feito objeção de consciência" para que recebam autorização de portar armas. "Haverá um regulamento; uma forte polícia local faz falta", enfatizou Alemanno.

Fonte ANSA